Mercado e Proteção de Sementes

Mercado e Proteção de Sementes

19 de dezembro, 2019

O que foi bom e o que foi ruim em 2019

2019 pode ser considerado um ano de transição para o Brasil e para os diferentes setores da economia. No setor de sementes não foi diferente. Quando se fala em administração pública Estadual e Federal percebemos que foi um período para arrumar a casa e propor novos rumos e caminhos. As medidas tomadas certamente trarão resultados em 2020, ano o qual esperamos ver uma retomada do crescimento do país.

Expectativas para 2020

Na Apasem, tivemos um período de trabalhos intensos interno com a aprovação de um novo estatuto, o início do trabalho para implantação de um planejamento estratégico, bem com o fortalecimento das relações com diferentes instituições ligadas ao agronegócio. Certamente estamos preparados para colher os frutos que 2020 deve proporcionar.

Externamente estivemos presentes em pautas de extrema importância para o setor, como na construção de um texto base para o novo Decreto de Sementes (atual Decreto 5.153) bem como participando de ações mais incisivas no combate a pirataria de sementes, o qual resultou em aumento expressivo no número de denúncias em nosso Estado, sendo que 90% delas com efetividade na fiscalização realizada por órgãos competentes.

Comentário GGAA

A APASEM se mostra extremamente proativa nas iniciativas citadas acima pelo Presidente Paulo Pinto de Oliveira Filho e é oportuno mencionar uma grande iniciativa concretizada em 2019, que foi a elaboração de uma Cartilha de Combate à Pirataria de Sementes. A mesma foi entregue para todos os órgãos competentes a fiscalizar Sementes (Polícia Rodoviária Federal, Polícia Rodoviária Estadual, Ministério da Agricultura, Secretarias Estaduais, Ministério Público e outros) e contém instruções para identificação e repressão à Pirataria de Sementes.

Merece menção em destaque o empenho do Diretor Executivo da APASEM, Oribel Silva, o qual não mediu esforços para o feito.
A Cartilha de Combate à Pirataria de Sementes já foi objeto de matéria publicada no Blog do GGAA e contou com a nossa revisão jurídica, como referiu a APASEM.

Acesse a CARTILHA DE COMBATE À PIRATARIA DE SEMENTES: Ilegalidade de A a Z.

Fonte: Paulo Pinto de Oliveira Filho – Presidente da APASEM Foto: Divulgação

 

Comente pelo Facebook

Proluv
Top