Entrega de cargo

Entrega de cargo

13 de março, 2019

Em discurso de despedida, Josef Pfann Filho, presidente da APASEM (2017/2019) destaca os feitos do período, e credita as conquistas a intensa parceria entre entidades do setor, associados e colaboradores. As palavras foram proferidas durante a cerimônia que empossou a nova direção da APASEM, biênio 2019/2021, na última terça-feira (12) em Curitiba.

O trabalho de combate a pirataria de sementes, o emprenho para a confecção do novo Estatuto, os debates em tordo da Lei de Proteção de Cultivares e a Correta Destinação das Embalagens utilizadas no campo, foram lembradas por Pfann que lembrou que “Esses temas, muitas vezes recorrentes, são desafios constantes da instituição. São assuntos os quais os novos dirigentes também terão que lidar”.

 

 

Veja na íntegra o discurso do presidente Josef Pfann Filho

Há exatamente dois anos, eu me deparava com um grande desafio – que sequer estava em meus planos naquele momento – o de assumir a presidência de uma das mais respeitadas instituições que representa o setor sementeiro no Brasil. Com certeza, me senti honrado. Posso afirmar que o tempo disparou. Contudo, não deixamos passar as oportunidades e hoje estamos ainda mais fortes do que éramos ontem. E tenho a certeza de que na próxima gestão, seremos ainda mais robustos do que somos hoje.

Isto porque, o presidente hoje eleito, o sr. Paulo Pinto, que é um profissional e companheiro de quilate, indiscutível, haja vista que vem se dedicando há muitos anos na produção de sementes.

Parabenizo você, Paulo, por aceitar esse grande desafio de estar frente à presidência da associação nos próximos dois anos. Desejo uma gestão de muitas realizações e, de antemão ressalto que estarei sempre à disposição naquilo que a Apasem necessitar. Parabenizo também os novos diretores que assumem contigo esse trabalho. Sabemos que o caminho é árduo, contudo temos a convicção de que com dedicação e empenho, os resultados sempre aparecem e refletem positivamente para o associado.

Mas se chegamos vitoriosos até aqui, é porque caminhamos juntos. Por isso, registro também meu profundo agradecimento aos diretores, parceiros, aos associados que depositaram toda a confiança na Apasem. Destaco ainda o empenho e dedicação dos funcionários da instituição. Aos ex-diretores executivos, Eugenio Bohach e Clênio Debastiani que muito trabalharam pela instituição e fomentaram inúmeras parcerias que hoje frutificam e trazem resultados para todo o setor.

Tenham a certeza de que todos deixaram uma importante contribuição ao setor sementeiro paranaense nesse período. Obrigado!
Difícil listar todas as conquistas desses dois anos... ainda bem, pois desta forma sabemos que não paramos sequer um minuto. Mas dá para destacar alguns projetos de grande impacto.

O primeiro deles é o combate à pirataria de sementes. Assumimos essa gestão com o compromisso de atuar firmemente em ações de combate a essa prática ilegal. E os resultados foram excepcionais. Um intenso planejamento realizado em 2017 resultou no lançamento da campanha no começo de 2018. A boa aceitação e o empenho da direção na causa fez com que o assunto se mantivesse latente ao longo do ano. E quase no apagar das luzes desta gestão, duas notícias de impacto: a campanha ganhou o status nacional e a Polícia Rodoviária Federal é a mais nova apoiadora da causa, ao lado de importantes instituições ligadas ao agronegócio como Sistema Ocepar, Sistema Faep, Federação dos Engenheiros Agrônomos do Paraná, Sindicato Rural, Abrasem e Braspov.

É um trabalho que nos enche de orgulho, mas que não podemos baixar a guarda. É uma pauta constante, a qual a nova gestão também terá que abraçar em busca de novos resultados.

Outro compromisso assumido foi a reforma do estatuto, cuja necessidade foi constatada ainda nas gestões anteriores. Nos debruçamos na pauta. Horas e horas de trabalho até encontrar um texto coeso e coerente aos dias de hoje, algo que pudesse trazer maior comprometimento dos integrantes da diretoria da Apasem e, ao mesmo tempo, usufruir algumas das facilidades oferecidas pelas formas modernas e ágeis de comunicação dos dias atuais. No último mês de novembro, tivemos assembleia extraordinária, a qual aprovou por unanimidade a redação proposta.

Destaco ainda o empenho da direção em viabilizar a reunião da Comissão de Sementes e Mudas (CSM) que a cada edição tem trazido temas de grande relevância para discussão. É importante frisar também o estreitamento relacional com órgãos e entidades como mapa, secretarias de governo estadual e federal, com o intuito de levar as demandas do setor a conhecimento. Não poderia deixar de lembrar ainda da realização de ações conjuntas com a Abrass nas negociações com a Monsanto (hoje Bayer), bem como a afinidade com a abrasem em diferentes pautas. Tudo isso nos diferencia como instituição, pois nos faz atuantes em distintas frentes.

Temos ainda aquelas pautas que insistem em passar por praticamente todas as gestões. A IPC é uma delas. Durante a gestão nos envolvemos na busca da aprovação de um texto adequado à lei de proteção de cultivares e nas negociações com as empresas detentoras de tecnologias para evitar a concentração das suas atividades, o domínio de mercado e que os custos dessas tecnologias não causem prejuízos, ou até a inviabilização de indústrias de sementes. Recentemente, tivemos encontro com a Ministra da Agricultura, Teresa Cristina. A ela entregamos um ofício falando da necessidade de um olhar mais cuidadoso sobre este tema, bem como sobre o plantio extemporâneo. Apresentamos nosso posicionamento firme sobre as alterações necessárias.

Enfrentamos outros desafios, como a busca da solução mais adequada ao cumprimento da legislação que define a correta destinação das embalagens utilizadas no setor de sementes, à luz do resultado dos estudos contratados junto ao Tecpar. É um tema que discutimos bastante e que ainda terá desdobramentos nesta nova gestão.

Junto de tudo isso também mantivemos as atividades diárias que está na essência da Apasem. Procuramos investir em melhorias na administração. Implantamos o projeto de comunicação institucional, entre as atividades as quais destaco o lançamento da Revista Apasem. Viabilizamos investimentos nos laboratórios. Procuramos estar presentes em diversos eventos e encontros do setor e nos posicionamos em assuntos, muitas vezes espinhosos.

Tudo isso é Apasem. Hoje passo a presidência para a nova direção, convicto que o melhor a se fazer, foi realizado. Almejo que esse trabalho traga frutos e que o setor de sementes do paraná, bem como todos os associados possam cada vez mais prosperar e ganhar cada vez mais representatividade na economia estadual e nacional.

Muito obrigado!

Comente pelo Facebook

Proluv
Top